Pais sem apoios para ficar em casa com os filhos nas vésperas dos feriados - Plataforma Media

Pais sem apoios para ficar em casa com os filhos nas vésperas dos feriados

Não vai ser criado qualquer apoio social para compensar financeiramente os trabalhadores que fiquem em casa para cuidar os filhos nas vésperas dos feriados. “Esta crise tem que ser partilhada entre todos”, justificou, esta quarta-feira, a ministra da Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva.

Para a ministra de Estado e da Presidência, não podem estar sempre a serem desenhados apoios sociais, por causa da pandemia. Mariana Vieira da Silva defendeu, esta quarta-feira, no podcast do PS “Política com Palavra”, que é possível “ultrapassar” os dois dias que antecedem os próximos dois feriados sem recurso a apoios sociais.

“As faltas dos alunos serão justificadas. Há a possibilidade do recurso a dias de férias e muitas pessoas estão em teletrabalho” justificou, assim, Mariana Vieira da Silva a razão pela qual não vai ser repetido o apoio extraordinário, que existiu na primeira fase da pandemia, e que foi partilhado entre Estado e empresas.

Leia mais em Jornal de Notícias

Artigos relacionados
MoçambiquePolítica

Moçambique pede apadrinhamento de Portugal na compra da vacina

Eleitos

A resposta à emergência social e económica no Algarve

FuturoMundo

Hidroxicloroquina não previne contágio nem combate a Covid-19, diz estudo

AngolaCabo Verde

EUA impõem restrições de visto a quatro países de língua portuguesa

Assine nossa Newsletter