Biden começa transição com foco na Covid e em revisão de atos de Trump - Plataforma Media

Biden começa transição com foco na Covid e em revisão de atos de Trump

Democrata já estuda que medidas do antecessor vai cancelar logo que assumir comando do país.

Joe Biden só vai assumir o comando dos Estados Unidos em 20 de janeiro, mas já estabeleceu que sua prioridade assim que chegar à Casa Branca será desfazer uma série de medidas tomada pelo antecessor, Donald Trump.

Áreas como política externa, mudança climática e, principalmente, o combate à pandemia de coronavírus devem concentrar a atenção do novo presidente no início do mandato.

O democrata passou a maior parte deste domingo (8), primeiro dia após a confirmação da vitória nas eleições, em sua casa em Wilmington, no estado de Delaware, e saiu apenas para ir à missa —ele é católico— e para visitar o túmulo dos filhos.
Para esta segunda-feira (9), no entanto, Biden já avisou que fará o primeiro grande anúncio de seu governo, nomeando uma força-tarefa para combater a Covid-19 nos EUA.

O médico Vivek Murthy, que trabalhou na gestão de Barack Obama, deve ser um dos líderes do grupo e responsável por defender publicamente o uso da máscaras e outras medidas de distanciamento social.

O objetivo do democrata, assim, é estabelecer desde o início da transição um contraste com Trump. O republicano minimizou a gravidade da pandemia diversas vezes e entrou em confronto com médicos e cientistas sobre quais as melhores formas de tratamento e prevenção.

Segundo a imprensa americana, Biden quer mostrar à população do país e ao mundo que vai trabalhar com seriedade e que sua gestão será muito diferente da do republicano. Assessores já analisam, inclusive, quais medidas criadas por Trump poderão ser desfeitas logo após o novo presidente tomar posse.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
ChinaPolítica

Redes sociais chinesas festejam vitória de Biden, órgãos oficiais recomendam cautela

BrasilPolítica

Presidente da Câmara dos Deputados do Brasil felicita Biden, Bolsonaro mantém silêncio

LifestylePolítica

Os memes da derrota de Trump

Política

Trump: "Não vou descansar enquanto o povo americano não tiver a contagem honesta de votos que merece"

Assine nossa Newsletter