Bollywood: Atriz Poonam Pandey acusada de gravar vídeo obsceno em Goa - Plataforma Media

Bollywood: Atriz Poonam Pandey acusada de gravar vídeo obsceno em Goa

Em causa estão cenas de suposta nudez e contato físico inusitado

A ala feminina do Partido Progressista de Goa entrou com uma queixa contra a atriz de Bollywood Poonam Pandey por supostamente esta ter gravado um vídeo obsceno na represa de Chapoli, naquele estado indiano.

Outra queixa por atentado ao pudor foi também movida contra uma pessoa não identificada na esquadra de Canacona por ter gravação de vídeo alegadamente ordinário com a atriz.

“Com base na reclamação apresentada pela divisão de obras do Departamento de Recursos Hídricos, uma queixa-crime foi registada. A polícia está investigar, juntamente com outras seções, à medida que a investigação prossegue”, disse à imprensa local Pankaj Kumar Singh, superintendente de Polícia de Goa, revelando que o ator que contracenou com Poonam também será intimado.

Durgadas Kamat, vice-presidente e porta-voz do Partido Progressista de Goa aproveitou a situação para exigir as demissões tanto do Ministro-Chefe de Goa, Pramod Sawant, como do Ministro dos Recursos Hídricos, Filipe Neri Rodrigues.

“O vídeo de Poonam Pandey tornou-se viral em Goa. Foi filmado na Barragem de Chapoli em Canacona, uma área altamente protegida e propriedade do Departamento de Recursos Hídricos do governo de Goa. A Entertainment Society of Goa (ESG) é quem normalmente emite permissões para filmagens em Goa. Ora, o Ministro-Chefe é o presidente do ESG. Penso que o governo liderado por Pramod Sawant está promover Goa como destino de pornografia, o que traz má fama ao estado e ao país”, acusa Kamat.

O líder da oposição disse ainda que o vídeo “pornográfico” circulou nas redes sociais, tendo-se tornado viral, levanta sérias questões sobre a segurança de locais altamente sensíveis como represas, onde qualquer descuido pode causar um desastre.

Pandey foi recentemente notícia por se separar e se reconciliar com o seu marido Sam Bombay, tudo num espaço de 10 dias. O casal viajou para Goa em clima de romance, mas também com compromissos profissionais em carteira.

Contudo, depois de chegar à antiga colónia portuguesa, Pandey apresentou uma queixa contra Bombaim por este agredi-la fisicamente. O marido chegou a ser detido. Pandey informou à comunicação social afirmou que o seu casamento tinha terminado, mas o volte-face estava para chegar. Dias depois, afirmou que o perdoou e que o casal decidiu seguir em frente.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
MundoSociedade

Incêndio num hospital com pacientes de Covid-19 na Índia faz pelo menos cinco mortos

MacauPortugal

Portugal detém empresário a pedido de Macau

BrasilMundo

Brasileira é morta à facada na Guiana Francesa e irmã é avisada por telefone

BrasilSociedade

Polícia brasileira detém funcionária do Carrefour envolvida na morte de cidadão negro

Assine nossa Newsletter