O que se sabe sobre Hunter Biden e por que o filho de um candidato virou tema de campanha - Plataforma Media

O que se sabe sobre Hunter Biden e por que o filho de um candidato virou tema de campanha

Histórico de vícios e negócios na Ucrânia alimentam ataques de Trump à integridade de seu adversário na eleição.

Parte dos ataques a Joe Biden tem como alvo a família do candidato à Presidência dos Estados Unidos —mais precisamente, Hunter Biden, a quem o democrata costuma se referir como “meu filho sobrevivente”.

Biden carrega o luto por dois filhos: a primeira perda, em 1972, foi provocada por um acidente na estrada em que Naomi, com um ano de idade, morreu junto com a mãe, Neilia, a primeira esposa de Biden. Mais recentemente, em 2015, o primogênito do democrata, Beau, morreu em decorrência de um câncer no cérebro.

Aos 50 anos, Hunter também viveu suas próprias tragédias. Ele já falou abertamente sobre seu histórico de abuso de álcool e drogas, vício que começou ainda na adolescência, com o consumo de bebida, e se agravou durante a fase universitária, em que Hunter começou a usar cocaína e crack.

A partir dos anos 2000, viveu fases em que intercalava o vício e a sobriedade e chegou a entrar em uma clínica de reabilitação em 2003. Durante os sete anos seguintes, ficou longe das drogas, mas teve recaídas com o álcool durante viagens de negócio.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
BrasilMundo

E se… Trump se recusar a aceitar uma eventual derrota para Joe Biden?

ChinaHong Kong

Jimmy Lai não tem relação com caso que afeta Biden, afirma conselheiro

MundoPolítica

Revista britânica The Economist diz que Biden tem que ganhar as eleições nos EUA

MundoPolítica

Coreia do Norte não quer Biden, o "cão raivoso que é preciso matar à paulada"

Assine nossa Newsletter