Luz verde para a compra de remdesivir. Vai custar 20 milhões de euros este ano - Plataforma Media

Luz verde para a compra de remdesivir. Vai custar 20 milhões de euros este ano

O remdesivir é indicado para o tratamento de doentes adultos e adolescentes com pneumonia que necessitem de oxigénio suplementar e foi autorizado na União Europeia para a covid-19.

Aresolução do Governo português de comprar 100.000 frascos do medicamento remdesivir, para o tratamento da covid-19, foi publicada hoje em Diário da República e permite gastos este ano até 20 milhões de euros.

A decisão da compra foi aprovada em Conselho de Ministros no dia 22 de outubro e nesse dia anunciada pela ministra da Saúde, Marta Temido, que disse que a Direção-Geral da Saúde ia adquirir entre outubro e março de 2021 mais de 100.000 frascos do medicamento antiviral remdesivir, com a designação comercial Veklury, para tratamento de doentes com covid-19.

Na altura a ministra explicou que “a aquisição de mais de cem mil frascos” terá um custo de cerca de 35 milhões de euros, uma vez que cada um custa 345 euros.

Leia mais em Diário de Notícias

Artigos relacionados
MundoSociedade

Dexametasona corticosteroide é a única terapêutica eficaz, diz OMS

MundoSociedade

Remdesivir tem 'pouco ou nenhum' efeito na mortalidade por covid-19

MundoSociedade

Remdesivir é o único medicamento recomendado para Covid-19

MundoSociedade

União Europeia autoriza remdesivir para combater a covid-19

Assine nossa Newsletter