Suicídios são cada vez mais uma realidade na sociedade angolana - Plataforma Media

Suicídios são cada vez mais uma realidade na sociedade angolana

Em Angola foram registados, de 2018 até ao primeiro semestre deste ano, 1.984 suicídios, por razões diversas. A província de Luanda, com 826 casos, foi a que mais ocorrências registou. Psicólogos apontam razões para que pessoas ponham termo à vida e mostram exemplos de comportamentos suicidas.

Manhã de domingo. O relógio marca sete horas. Manuel João, 34 anos, levanta da cama. Meio triste ainda pelo facto de, no sábado, ter discutido com a mulher, Ruty Alberto, procura descontrair a mente. O tempo passa e Manuel João pensa o que fazer para proporcionar uma vida melhor à mulher e aos dois filhos. O desemprego tem sido uma dor de cabeça para Manuel João, que mal consegue dar as condições mínimas para a mulher se tornar mais bonita.

O carro de mão tem sido a alternativa. Logo cedo, dirige-se aos vários armazéns localizados na 5ª Avenida, no Cazenga, onde passa o dia a carregar compras, num trabalho que lhe rende o pouco com que sustenta a família. Mas o tempo passa e as exigências no lar tornam-se maiores: Casa de renda para pagar, dinheiro para alimentação, medicamentos, roupas para a mulher e os filhos.

Leia mais em Jornal de Angola.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
MundoSociedade

No Japão há mais suicídios num mês do que mortes por covid-19 em todo o ano

AngolaSociedade

Mais de 100 casos de suicídio são registados por mês em Angola

MacauSociedade

Suicídio: Pedidos de apoio entre Janeiro e Setembro aumentaram 40%

BrasilSociedade

‘Homem Pateta’ das redes sociais induz crianças ao suicídio, alerta polícia brasileira

Assine nossa Newsletter