Governo português afasta possibilidade de um novo confinamento -

Governo português afasta possibilidade de um novo confinamento

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde afastou hoje a possibilidade de um novo confinamento devido à covid-19, estando a trabalhar para aliviar a pressão nas unidades e equipamentos de saúde e reforçar os recursos humanos.

“Obviamente que o confinamento é tudo aquilo que não queremos e tudo aquilo para o qual trabalhamos para aliviar quer a pressão ao nível dos serviços de saúde, ACES [Agrupamentos de Centros de Saúde] e hospitais, quer a montante ao nível da interrupção de cadeias de transmissão”, disse António Lacerda Sales.

O governante, que falava na conferência de imprensa regular de atualização de informação sobre a pandemia em Portugal, garantiu que “todo o esforço” que o Governo está a fazer é a tentar afastar a possibilidade de qualquer novo confinamento.

“Estamos a trabalhar para podermos afastar a ideia de confinamento e, isso, garantidamente não deverá acontecer”, vincou.

Questionado sobre a pressão que se vai instalando no Serviço Nacional de Saúde (SNS) e se está em cima da mesa alguma articulação com hospitais privados, o secretário de Estado admitiu que essa poderá ser uma possibilidade em regime de complementaridade ou supletividade.

O recurso a hospitais do setor social ou privado será sempre feito de acordo com as necessidades identificadas e a evolução epidemiológica, apontou.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de um milhão e setenta e sete mil mortos e mais de 37,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.094 pessoas dos 87.913 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Artigos relacionados
PortugalSociedade

Plano de vacinação à Covid-19 apresentado esta semana

PortugalSociedade

DGS deixa os mais velhos no fim das prioridades para a vacina da covid-19

PolíticaPortugal

Covid-19: 'Task force' tem 30 dias para definir todo o plano de vacinação

PolíticaPortugal

Pais sem apoios para ficar em casa com os filhos nas vésperas dos feriados

Assine nossa Newsletter