Governo francês quer expulsar estrangeiros polígamos - Plataforma Media

Governo francês quer expulsar estrangeiros polígamos

Ministra da Cidadania francesa, Marlène Schiappa, quer retirar autorização de permanência a todos os que vivam um casamento com múltiplos cônjuges

A intenção foi anunciada na segunda-feira, 5 de outubro, pela ministra delegada com a pasta da cidadania, Marlène Schiappa, numa entrevista ao canal noticioso francês BFM TV. “Temos mesmo de por fim à poligamia”, afirmou a responsável (secretária de estado) em entrevista a Jean-Jacques Bourdin.

O principal objetivo do governo é o de deixar de atribuir “autorização de residência a quem chega do estrangeiro e se encontra em situação de poligamia”, explicou. Ainda como parte integrante do projeto-lei contra o “separatismo religioso”, o executivo quer também avançar com medidas como, entre elas, a da proibição da certidão de virgindade, prática que está a ocorrer, segundo a Organização Mundial de Saúde, em duas dezenas de países do mundo. França quer proibir e penalizar os médicos que assinem estes documentos em território francês.

Schiappa afirmou, em entrevista, que “a poligamia é contrária aos valores da República”. Por isso, o governo considera que é mesmo preciso por fim” a esta realidade. Por explicar ficou o processo de identificação desses casos ou de outros em que haja coabitação mas sem relação formalizada.

Leia mais em Delas

Este artigo está disponível em: English

Related posts
MundoPolítica

Deputado francês exibe baseado no Parlamento para exigir legalização da canábis

MundoSociedade

Militares autores de texto polémico na França serão punidos

EconomiaMundo

Macron e Draghi impacientes com lentidão do plano de recuperação da UE

LifestyleMundo

Coleção de vinhos raros da Borgonha é leiloada por 8,7 milhões de euros

Assine nossa Newsletter