Enfermeiros dos hospitais privados vão ter aumentos salariais médios de 1,5% - Plataforma Media

Enfermeiros dos hospitais privados vão ter aumentos salariais médios de 1,5%

A Associação Portuguesa de Hospitalização Privada (APHP) e o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses chegaram nesta quinta-feira a acordo para atribuir aumentos salariais médios de 1,5% com retroativos a julho, disseram à Lusa ambas as partes do processo negocial.

“No âmbito da contratação coletiva, assinámos hoje um acordo com o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses sobre aumentos salariais de 1,5% que se aplicam com retroativos a 1 de julho”, disse à Lusa o presidente da APHP, Óscar Gaspar.

De acordo com o líder da associação, os aumentos abrangem cerca de 5.200 enfermeiros dos quadros dos hospitais privados.

Para o dirigente do SEP Jorge Rebelo, este foi “o acordo possível”, após as negociações com a associação que, segundo disse, se mostrou “indisponível” para rever outras matérias como a redução da carga horária dos enfermeiros.

Além disso, a atualização acordada ficou aquém da proposta do SEP, de aumentos salariais de 3,5% para todos os enfermeiros, acrescentou.

Leia mais em Diário de Notícias

Assine nossa Newsletter