TAAG perde 155 milhões de dólares em seis meses, revela CEO - Plataforma Media

TAAG perde 155 milhões de dólares em seis meses, revela CEO

A TAAG registou perdas homólogas de 155 milhões de dólares em receita ordinária nos últimos seis meses, declarou o presidente da Comissão Executiva da companhia ao programa Especial Informação transmitido pela TPA na quinta-feira, defendendo a reabertura gradual da actividade aeroportuária no país.

Rui Carreira afirmou que, ao longo dos últimos seis meses, quando se sucedem declarações de estado de excepção decretadas para conter a expansão da pandemia da Covid-19, a situação operacional de companhia degradou-se, notando que, no regresso à actividade, é efectuada uma média de 10 voos por semana, muito abaixo dos 245 do mesmo período do ano passado.

Com base nestes dados, o gestor da TAAG entende ser fundamental a reabertura da actividade aeroportuária, para devolver o movimento às pessoas, cargas e meios, “pois a paragem gera prejuízos incontáveis”.  Rui carreira concorda com a Associação Internacional dos Transportes Aéreos (IATA) e coloca o ano 2024 como o da retoma do equilíbrio económico da companhia, ao mesmo tempo que lembra que o sector aéreo representa cerca de 4,0 por cento do Produto Interno Bruto.

Leia mais em Jornal de Angola.

Related posts
AngolaEconomia

Companhia aérea angolana TAAG chega a acordo com a Boeing para pagamento da dívida

Sociedade

Avião cai junto à Letónia com quatro pessoas a bordo

Cabo VerdePortugal

Cabo Verde Airlines retoma voos para Portugal

ChinaPortugal

Voo direto entre China e Portugal é retomado

Assine nossa Newsletter