Início Brasil Vai nascer uma fábrica de aviões no Alentejo. E promete criar 1200 empregos

Vai nascer uma fábrica de aviões no Alentejo. E promete criar 1200 empregos

João Tomé

Projeto do CEiiA com brasileira Desaer vai desenvolver e produzir aeronave ligeira em Évora, no primeiro programa aeronáutico completo do país

O ambicioso projeto que junta o português CEiiA (Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto), sediado em Matosinhos, e a Desaer (Desenvolvimento Aeronáutico), uma empresa brasileira especializada na produção de aviões, é apresentado esta sexta-feira, em Évora, com a presença de dois ministros – a ministra da Coesão Social e o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

Trata-se, assim, de uma joint-venture luso-brasileira, que pretende criar 1200 empregos em cinco anos no Alentejo e ser o início de um projeto único no país, já que se trata do primeiro programa aeronáutico completo que vai desde o desenvolvimento, industrialização e operação de aeronaves de nova geração a partir de Portugal.

Leia mais em Diário de Notícias.

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!