Presidente autoriza despesa de transporte de estudantes de Brasil e Cuba

Presidente angolano autoriza despesa para transporte de estudantes de Brasil e Cuba

O Presidente angolano, João Lourenço, autoriza a despesa e formaliza a abertura do procedimento de contratação simplificada para a aquisição de serviços de transporte aéreo de estudantes bolseiros em formação no exterior, sobretudo no Brasil e Cuba.

Em despacho presidencial nº131/20 de 22 de setembro, consultado hoje pela Lusa, o Presidente angolano refere que a transportação dos estudantes bolseiros do Instituto Nacional de Gestão de Bolsas de Estudo (INAGBE) será assegurada pela transportadora aérea TAAG.

A medida, observa-se no diploma legal, visa tornar mais célere o transporte dos estudantes bolseiros angolanos “atendendo a urgência”, a partir do território angolano, com voos charter para o repatriamento no contexto da pandemia.

“E pelo facto de a TAAG ser a única companhia aérea que, a partir de Angola, a ter rotas internacionais diretas com destino ou origem às cidades de São Paulo (Brasil) e Havana (Cuba)”, lê-se no documento.

Segundo o despacho, esse procedimento de contratação simplificada, “pelo critério material”, para assegurar a provisão dos serviços de transportação dos bolseiros do INAGBE “deverá compreender os serviços especializados de reserva, emissão, marcação e cancelamento de passagens aéreas, incluindo a locação de aeronave”.

À ministra do Ensino Superior, Ciência, Tecnologia e Inovação, adianta-se no despacho presidencial, são delegadas competências para a aprovação do procedimento de contratação simplificada, verificação da validade e legalidade de todos os atos praticados no âmbito deste processo.

“A realização das despesas inerentes ao transporte dos estudantes bolseiros do INAGBE, em formação no exterior do país, para o presente procedimento é assegurada na totalidade pelos recursos ordinários do Tesouro previstos no Orçamento Geral do Estado 2020”, justifica.

Artigos relacionados
AngolaEconomia

Angola com dificuldades em garantir novos financiamentos para saldar dívida

AngolaEconomia

Dinheiro desviado de Angola ultrapassa dívida com a China

AngolaEconomia

'Ferry boat' vai ligar Cabinda à localidade do Soyo

AngolaEconomia

João Lourenço diz que Angola pode ser uma potência agrícola no continente africano

Assine nossa Newsletter