Asiáticos associados ao extermínio de tubarões em Angola - Plataforma Media

Asiáticos associados ao extermínio de tubarões em Angola

Grandes quantidades de barbatanas de tubarão têm sido apreendidas no Aeroporto em Luanda, envolvendo cidadãos asiáticos.

As autoridades angolanas estão a investigar a denúncia sobre o extermínio de tubarões no país, fenómeno de que já havia suspeita, devido à apreensão de grandes quantidades de barbatanas desta espécie, no aeroporto internacional de Luanda, envolvendo cidadãos asiáticos.

A informação foi avançada à agência Lusa pela diretora do Instituto da Biodiversidade e Área de Conservação, órgão afeto ao Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente de Angola.

Denúncia pública

Já demos a conhecer às autoridades competentes sobre esta situação. Aguardamos que seja emitido um comunicado nacional e que uma investigação por parte da entidade que investiga crimes ambientais seja feita.Fizemos este vídeo de modo a sensibilizar a população e dizer que isto não deveria ser uma prática comum.Sem tubarões, não há equilíbrio nos ecossistemas marinhos.

Publiée par EcoAngola sur Jeudi 17 septembre 2020

Albertina Nzuzi disse que tomou conhecimento da situação na semana passada, através de uma denúncia pública feita pelo projeto ambiental EcoAngola, sobre o extermínio de tubarões, em quantidades ainda por apurar, nas províncias de Luanda, capital de Angola, e de Benguela, no litoral sul do país.

Leia mais em Jornal de Angola

Artigos relacionados
EconomiaMundo

Membros da UE adotam plano de biodiversidade, ONGs estão prudentes

Cabo VerdeFuturo

Jovens cabo-verdianos transformam 7,5 toneladas de óleo alimentar usado em sabão e detergente

ChinaSociedade

Centros de incineração abertos ao público

Portugal

Ambiente com 26 mil milhões de euros do Programa Nacional de Investimentos

Assine nossa Newsletter