Arkéa-Samsic nega doping e rescindiria contrato com quem usasse "métodos inaceitáveis"

Arkéa-Samsic nega doping e rescindiria contrato com quem usasse “métodos inaceitáveis”

Equipa confirma um número “muito reduzido de ciclistas” alvo de buscas

A Arkéa-Samsic, que participou na Volta a França, confirmou que um número “muito reduzido de ciclistas” foi alvo de buscas no hotel por suspeitas de doping, que não eram dirigidas diretamente à equipa ou ao corpo técnico.

“A equipa, o seu diretor e o seu corpo técnico, atualmente citados nos meios de comunicação, não estão implicados e, como tal, não estão informados de qualquer elemento relacionado com o desenvolvimento da investigação, que não está virada para a equipa ou corpo técnico de forma direta”, vincou o diretor Emmanuel Hubert.

A procuradoria de Marselha abriu a investigação após a “descoberta de vários produtos de saúde, incluindo drogas (…) e especialmente de um método que pode ser qualificado como doping” em buscas realizadas em 16 de setembro.

Leia mais em O Jogo

Artigos relacionados
DesportoPortugal

Ivo Oliveira diz que estava "farto de segundos lugares"

Desporto

Cipollini desafia as leis da física com uma incrível inclinação na bicicleta

DesportoPortugal

João Almeida quer focar-se nas grandes voltas e melhorar as provas de montanha

DesportoPortugal

Rúben Guerreiro recebido em festa: "Apetece-me jantar tudo menos arroz e massa"

Assine nossa Newsletter