Arkéa-Samsic nega doping e rescindiria contrato com quem usasse "métodos inaceitáveis"

Arkéa-Samsic nega doping e rescindiria contrato com quem usasse “métodos inaceitáveis”

Equipa confirma um número “muito reduzido de ciclistas” alvo de buscas

A Arkéa-Samsic, que participou na Volta a França, confirmou que um número “muito reduzido de ciclistas” foi alvo de buscas no hotel por suspeitas de doping, que não eram dirigidas diretamente à equipa ou ao corpo técnico.

“A equipa, o seu diretor e o seu corpo técnico, atualmente citados nos meios de comunicação, não estão implicados e, como tal, não estão informados de qualquer elemento relacionado com o desenvolvimento da investigação, que não está virada para a equipa ou corpo técnico de forma direta”, vincou o diretor Emmanuel Hubert.

A procuradoria de Marselha abriu a investigação após a “descoberta de vários produtos de saúde, incluindo drogas (…) e especialmente de um método que pode ser qualificado como doping” em buscas realizadas em 16 de setembro.

Leia mais em O Jogo

Related posts
Desporto

Rui Costa revela que foi atropelado por moto da corrida na Volta à Catalunha

DesportoPortugal

Alarcón é suspenso quatro anos por doping e perde duas Voltas a Portugal conquistadas

ChinaDesporto

Após Rússia ser banida das Olimpíadas, China cria lei que criminaliza doping

DesportoPortugal

Ivo Oliveira diz que estava "farto de segundos lugares"

Assine nossa Newsletter