Testemunhos contraditórios sobre morte de médico angolano em esquadra da polícia - Plataforma Media

Testemunhos contraditórios sobre morte de médico angolano em esquadra da polícia

As declarações do comandante provincial de Luanda não convergem com as da testemunha que esteve na Esquadra dos Catotes sobre quem terá ligado ao familiar da vítima para pagar a multa.

A Polícia diz que ao reter o médico cumpriu apenas com o estipulado na lei e alerta que não vai tolerar incitamentos à desobediência civil.

Eduardo Fernando Cerqueira disse que em momento algum os efectivos terão exercido pressão, colocando numa cela ou molestado o médico Sílvio Dala no dia 1 de Setembro, quando foi conduzido à unidade para o pagamento da multa.

Em conferência de imprensa realizada, ontem, na sede do Comando Provincial, Fernando Cerqueira disse que os agentes retiveram Sílvio Dala em cumprimento do seu dever em obediência do Decreto sobre a Situação de Calamidade Pública, mas que em momento algum terá sido molestado.

Leia mais em O País

Related posts
BrasilPolítica

Manifestantes furam bloqueio policial antes de atos pró-Bolsonaro em Brasília

Cabo VerdeSociedade

Polícia apita nas praias de Cabo Verde e banhistas pedem alargamento de horário

PortugalSociedade

Pelo 13.º fim de semana seguido, não vai poder circular entre concelhos. Polícias estão cansados de tanta fiscalização

BrasilSociedade

Impunidade é a principal causa da violência da polícia no Brasil

Assine nossa Newsletter