Atriz luso-descendente nomeada presidente da Televisora Venezuelana Social - Plataforma Media

Atriz luso-descendente nomeada presidente da Televisora Venezuelana Social

O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, nomeou a atriz luso-venezuelana Marlene de Andrade para dirigir a Televisora Venezuelana Social (TVES) um dos 13 canais de televisão estatais do país.

O anúncio foi feito pela própria luso-venezuelana através da sua conta no Twitter, onde diz sentir-se “honrada” por ser escolhida para presidente da TVES.

“O Presidente Nicolás Maduro honra-me com a nomeação para presidente do canal TVES, e vou continuar a construir esta janela de entretenimento para a família venezuelana nestes tempos em que tanto se necessita” escreveu.

Zita Marlene de Andrade de Sousa nasceu em Caracas em 1977, é atriz, modelo e apresentadora de televisão.

“Conte você (Presidente Nicolás Maduro) com o meu compromisso e lealdade ao serviço da Pátria Venezuela”, escreveu numa mensagem acompanhada por uma fotografia sua, a luso-venezuelana.

Em resposta ao anúncio, dezenas de usuários do Twitter felicitaram a luso-venezuelana e a decisão do Presidente Nicolás Maduro de colocar uma mulher à frente do canal.

Outros, porém, aproveitaram a oportunidade para pedir-lhe ajuda para resolver questões relacionadas com a saúde e habitação social, e alguns recordaram que a TVES “surgiu” da extinta Rádio Caracas Televisão (RCTV).

Crítico da revolução bolivariana, a RCTV foi um canal de televisão em sinal aberto venezuelano, fundado a 15 de novembro de 1953 que à meia noite de 27 de maio de 2007 foi forçado a suspender as suas emissões devido à decisão do falecido presidente Hugo Chávez (presidiu o país entre 1999 e 2013) de não lhe renovar a licença para operar.

Marlene de Andrade é casada com Winston Vallellina um ator e apresentador de televisão venezuelano, que em 2013 se candidatou à Câmara Municipal de Baruta (sul de Caracas) pelo Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV) numa eleições em que o opositor, Gerardo Blyde, foi eleito presidente do município.

Em 1997 Marlene de Andrade foi candidata a Miss Venezuelana em representação do Estado venezuelano de Portuguesa (centro do país).

Participou em várias telenovelas venezuelanas, algumas vezes como atriz principal, produzidas pelos canais de televisão RCTV, Venevisión e TVES.

A TVES iniciou transmissões no dia 28 de maio de 2007 em sinal aberto, usando a frequência e equipamentos de transmissão da Rádio Caracas Televisão (RCTV), canal 2 VHF.

A Venezuela tem atualmente sete canais privados de televisão que transmitem em sinal aberto, Venevisión, Vale TV, Televen, Globovisión, Meridiano TV, Canal I e Tv Família. Há ainda vários canais regionais privados.

Por outro lado, também em sinal aberto, transmitem 13 canais estatais: VTV, TVES, Vive, 123 Tv, Ávila, Antv, Telesul, Conciência TV, Tv FANB, Pdvsa TV, Alba TV, Corazón Llanero e Colombeia.

Assine nossa Newsletter