Carga fiscal em Portugal foi das que mais subiu na OCDE - Plataforma Media

Carga fiscal em Portugal foi das que mais subiu na OCDE

Numa análise a dez anos, o país teve a sexta maior variação, passando de 31,7% do PIB para 35,4%. Um aumento de 3,7 pontos.

Em 2018 a carga fiscal em Portugal subiu quase um ponto percentual face ao ano anterior, um dos maiores acréscimos registados entre os países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económicos (OCDE).

De acordo com a análise sobre o peso dos impostos na economia, o país surge em quarto lugar entre os que tiveram maiores aumentos. À frente só estão a Coreia do Sul, o Luxemburgo e o Chile.

Há dois anos, em Portugal, a carga fiscal – medida pelo peso da receita do Estado na economia – atingiu os 35,4%, acima da média do conjunto da OCDE que se situou nos 34,3%, o valor mais elevado desde 1965, quando começaram a ser recolhidas estas estatísticas pela instituição sediada em Paris. Dos 35 países para os quais existem dados para 2018, Portugal surge em 17º lugar numa lista liderada pela França com uma carga fiscal de 46,1% do PIB.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Artigos relacionados
AngolaEconomia

Governo afasta criação de novos impostos em 2021

EconomiaPortugal

"Portugal é o país das taxas e taxinhas." CIP pede mudanças fiscais para empresas

MundoPolítica

Biden divulga a sua declaração de impostos horas antes do debate televisivo com Trump

BrasilSociedade

No Brasil há um computador para 10 alunos, a pior média em 79 países

Assine nossa Newsletter