Lukashenko admite entregar o poder após referendo na Bielorrússia - Plataforma Media

Lukashenko admite entregar o poder após referendo na Bielorrússia

“Estou pronta para assumir responsabilidades”, garante Svetlana Tikhanovskaya, que exige a renúncia de Lukashenko do cargo de presidente da Bielorrússia, que agora admite entregar o poder após um referendo. Depois das manifestações contra os resultados eleitorais e a violência policial, é esperada uma greve geral no país.

Aprincipal adversária nas eleições presidenciais da Bielorrússia disse esta segunda-feira estar pronta para assumir a liderança do país após uma onda de protestos contra o presidente Alexander Lukashenko, que agora admite entregar o poder após a realização de um referendo.

“Eu não queria ser política. Mas o destino decretou que eu estaria na linha de frente de um confronto contra regras arbitrárias e injustiças”, disse Svetlana Tikhanovskaya num novo vídeo feito a partir do exílio na Lituânia. “Estou pronta para assumir responsabilidades e atuar como líder nacional durante este período.

O vídeo foi divulgado depois de dezenas de milhares de pessoas saírem às ruas de Minsk no domingo para a maior manifestação realizada no país contra os resultados das eleições presidenciais. Lukashenko garantiu que foi o vencedor das eleições de 9 de agosto com 80 por cento dos votos.

Leia mais em Diário de Notícias

Related posts
Política

Minsk acusa Paris de "pirataria" por negar espaço aéreo a avião da companhia estatal

Desporto

Sem torcida, time da Bielorrússia inova e coloca manequins na arquibancada

Assine nossa Newsletter