Macau perdeu milhares de trabalhadores não residentes desde Janeiro - Plataforma Media

Macau perdeu milhares de trabalhadores não residentes desde Janeiro

Macau contava, no final de Junho, com 186.427 trabalhadores não residentes, ou seja, menos 7071 do que em Janeiro.

Dados publicados hoje pela Direcção dos Serviços para os Assuntos Laborais (DSAL) mostram descidas significativas sobretudo na hotelaria e restauração de Macau. O sector com mais mão-de-obra importada contava com 50651 trabalhadores em Junho, ou sejam, menos 4256 do que em Janeiro.

O comércio também foi afectado, com o universo de trabalhadores contratados ao exterior a encolher de 23260 para 22172.

Leia mais em TDM

Este artigo está disponível em: English 繁體中文

Artigos relacionados
Lifestyle

Truques para garantir beijos no cinema e na TV em tempos de Covid-19

DesportoPortugal

Movimento "Sem Adeptos Não Há Futebol" quer regresso aos estádios

BrasilPolítica

Um em cinco moradores de São Paulo admite não votar por medo do coronavírus

Cabo VerdeSociedade

Covid-19: Turismo parado levou cabo-verdianos de Chã das Caldeiras a pegarem nas enxadas

Assine nossa Newsletter