Investigadores não apoiam uso da hidroxicloroquina como tratamento -

Investigadores não apoiam uso da hidroxicloroquina como tratamento

Medicamento não apresenta efeitos antivirais visíveis em células humanas

Aadministração de hidroxicloroquina para o tratamento da covid-19 não apresenta efeitos antivirais visíveis em células humanas, apesar de alguma resposta em testes realizados com macacos, adianta um estudo publicado na revista científica Nature.

De acordo com o grupo de investigadores responsável pela pesquisa, “a hidroxicloroquina mostrou atividade antiviral em células renais do macaco verde africano, mas não num modelo de epitélio das vias aéreas humanas”. Por isso, a investigação defende, nas conclusões, “não apoiar a sua utilização como agente antiviral para o tratamento da covid-19 em humanos”.

A avaliação negativa dos efeitos desta substância em humanos surge depois de ter sido utilizada em diversos países como terapêutica para doentes internados. A hidroxicloroquina ganhou especial mediatismo quando o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assumiu tomá-la de forma profilática e por o chefe de Estado do Brasil, Jair Bolsonaro, ter anunciado que estava a tomar após ter sido infetado pelo novo coronavírus.

Leia mais em Diário de Notícias

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
ChinaSociedade

China avança com testes covid por via anal

BrasilSociedade

Voos de e para o Brasil suspensos

MundoSociedade

Variante britânica do coronavírus atinge 70 países e a sul-africana 31

BrasilSociedade

Variante do coronavírus do Amazonas é identificada em São Paulo

Assine nossa Newsletter