69 migrantes ilegais apanhados a desembarcar no Algarve em oito meses - Plataforma Media

69 migrantes ilegais apanhados a desembarcar no Algarve em oito meses

Nos últimos oito meses, foram intercetados a desembarcar ilegalmente no Algarve 69 migrantes provenientes do norte de África, com o último caso registado ao fim da tarde de terça-feira, na Ilha do Farol, em Faro.

O Algarve tem sido procurado por migrantes ilegais como porta de entrada para a Europa, tendência que se tem acentuado no últimos meses. Desde dezembro que já foram intercetados 69 migrantes oriundos do norte de África na região.

Em dezembro de 2019, chegou à costa algarvia um grupo de oito migrantes e em janeiro deste ano 11 cidadãos marroquinos foram detetados ao largo da Ilha de Armona, no concelho de Olhão. A 6 de junho, foram detetados sete migrantes ao largo de Olhão. E no dia 15 do mesmo mês, uma embarcação com 22 homens foi intercetada quando os tripulantes se preparavam para desembarcar na Praia de Vale do Lobo, em Quarteira.

Leia mais em Jornal de Notícias

Artigos relacionados
PolíticaPortugal

Tempestade anunciada na GNR. Exército arrasta passagem de poder

MundoSociedade

Primeiras vacinas da parceria global Covax devem chegar a África em março

EconomiaPortugal

Turismo: Volume de negócios no Algarve caiu mais de 800 milhões em 2020

Eleitos

“Sem dignidade humana nas fronteiras”

Assine nossa Newsletter