Ringo Starr: "Como podia imaginar que formaria a maior banda do mundo?" - Plataforma Media

Ringo Starr: “Como podia imaginar que formaria a maior banda do mundo?”

Ringo Starr

Ringo Starr, que completou este mês 80 anos, fala dos seus tempos de baterista dos Beatles, do projeto de um documentário sobre a banda, da sua paixão pelo blues e de sua relação com Yoko Ono, com quem tocou e de quem continua amigo

Não pergunte a Ringo Starr quais são os seus bateristas favoritos. “Eu não ouço bateristas, eu ouço música. Sou louco por música”, diz. Mas depois emenda: “Mas Cozy Cole é o meu herói por causa do som dele nos tom-toms.”

Perguntar sobre os Beatles, no entanto, está liberado. Com exceção de detalhes das vidas pessoais de seus irmãos, como ele chama seus companheiros de banda, quando o assunto é os Beatles e “possivelmente alguns dos anos mais felizes” de sua vida, ele não para de falar.

Ringo, o Beatle que possivelmente menos falava na era de ouro da banda (“acho que ninguém queria falar comigo”), agora fala pelos cotovelos.“Sou um homem feliz e grato por tudo”, ele inicia a conversa, instalado em um canto de seu escritório doméstico em Los Angeles, onde mora desde seu casamento com a atriz Barbara Bach, em 1981 (“eu adoro o sol, adoro Los Angeles!”).

Leia mais em Folha de S. Paulo

Artigos relacionados
CulturaMundo

Tóquio 1964, os Jogos que fizeram da cidade uma montra do futuro

CulturaMacau

Macau adere à Organização das Cidades Património Mundial

CulturaMacau

Ciclo de conferências aborda três facetas da obra de Eça de Queiroz

BrasilCultura

Caetano Veloso comemora 78 anos com live com os filhos

Assine nossa Newsletter