Macau: Pedidos de ajuda de imigrantes na clínica da Cáritas triplicou

Macau: Pedidos de ajuda de imigrantes na clínica da Cáritas triplicou

A condição económica dos trabalhadores imigrantes está a ter impacto na sua saúde, e a clínica social da Cáritas registou o triplo dos pedidos de ajuda comparativamente a todo o ano passado. Mas são várias as áreas em que estas pessoas requerem apoio.

Desde Janeiro, o número de pedidos de ajuda de imigrantes na clínica social da Cáritas, o centro “WelAnser”, triplicou relativamente ao volume de todo o ano de 2019, noticiou o Ou Mun. A directora do centro, Kitty Tam Siu Sin, explicou que os principais problemas destas pessoas são a pressão económica e problemas de saúde. Entre os casos relatados conta-se mulheres grávidas em dificuldades.

De acordo com a responsável, apesar de o centro não ter estado sempre operacional, durante a sua suspensão continuaram a ser seguidos casos por via online. Desde o início das restrições resultantes da pandemia foram recebidos no total 188 pedidos de ajuda. Kitty Tam Siu Sin referiu ainda que muitos trabalhadores imigrantes enviam a maior parte dos seus salários todos os meses para casa, e não se focam na sua dieta e nutrição.

Leia mais em Hoje Macau

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
MacauSociedade

Macau perde quase 10800 trabalhadores não residentes desde Janeiro

MacauSociedade

Macau: Homem detido após tentar publicar vídeo de pornografia infantil no Facebook

MacauSociedade

Banco Alimentar e jornalistas ajudam Cáritas Macau

MacauPolítica

Nova lei de Macau para trabalhadores não residentes trará mais abusos

Assine nossa Newsletter