Turismo no Algarve vai ter "graves prejuízos" com decisão britânica - Plataforma Media

Turismo no Algarve vai ter “graves prejuízos” com decisão britânica

“O impacto é enorme não só para o turismo, como para a riqueza da região e do próprio país”, diz presidente da principal associação hoteleira algarvia.

turismo no Algarve vai ter “graves prejuízos” devido à decisão do Reino Unido em excluir Portugal do corredor aéreo que isenta os cidadãos de quarentena no regresso de viagens, considerou a principal associação hoteleira algarvia.

O presidente da Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA), Elidérico Viegas, disse à agência Lusa que o Reino Unido tomou uma decisão “assente em critérios pouco objetivos” ao incluir Portugal na lista e deixar de fora outros países onde a situação epidemiológica devido à pandemia da covid-19 é mais intensa do que no Algarve ou em Portugal.

Elidérico Viegas deu o exemplo da Grécia, da Itália ou da Espanha, que foram considerados países “verdes” e incluídos no corredor aéreo com o Reino Unido que isenta de quarentena de 14 dias quando no regresso desses destinos, apesar de terem registado número de infetados “muito distantes” dos verificados no Algarve e em Portugal.

Leia mais em Diário de Notícias

Artigos relacionados
EconomiaPortugal

Vistos gold. Investimento cai 37% em julho para 56 milhões

EconomiaMundo

Portugueses muito preocupados com impacto da pandemia na economia e na saúde

EconomiaPortugal

Segunda vaga em Portugal pode levar desemprego para os 17,6%

EconomiaPortugal

Bruxelas dá luz verde a Banco Português de Fomento

Assine nossa Newsletter