Primeira-dama de S. Paulo diz que não é correto dar comida ou roupa a moradores de rua - Plataforma Media

Primeira-dama de S. Paulo diz que não é correto dar comida ou roupa a moradores de rua

Mulher do governador também é presidente do Fundo Social, destinado a ajudar população vulnerável.

Presidente do Fundo Social de São Paulo, a primeira-dama Bia Doria recebeu Val Marchiori no Palácio dos Bandeirantes para uma entrevista publicada nas redes sociais da socialite nesta quinta-feira (2).

Na conversa, a mulher do governador João Doria (PSDB) diz que não se deve dar marmita para os moradores de rua porque eles precisam saber que têm que sair da rua, um local que hoje, segundo ela, é confortável para eles.

“Falando dos projetos sociais, algo muito importante. As pessoas que estão na rua… Não é correto você chegar lá na rua e dar marmita, porque a pessoa tem que se conscientizar de que ela tem que sair da rua. A rua hoje é um atrativo, a pessoa gosta de ficar na rua”, diz Bia Doria.

Em nota à coluna, a primeira-dama diz que suas falas foram tiradas de contexto.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Artigos relacionados
BrasilSociedade

Campanha Agosto Dourado: mães com covid-19 devem continuar a amamentar

BrasilMundo

Bolsonaro convida Temer para chefiar missão do Brasil de ajuda ao Líbano

BrasilSociedade

Varejo aposta em cabines de luz ultravioleta para higienização de compras

BrasilLusofonia

Sinopharm lança teste de vacinas no Brasil, após Sinovac

Assine nossa Newsletter