Covid-19 estava em Espanha nove meses antes de aparecer na China - Plataforma Media

Covid-19 estava em Espanha nove meses antes de aparecer na China

Virologistas espanhóis detetaram a presença do novo coronavírus numa amostra colhida dos esgotos de Barcelona em março de 2019, nove meses antes de a doença da Covid-19 ter sido identificada na China

A descoberta da presença do genoma do vírus tão cedo em Espanha, se confirmada, implicaria que a doença apareceu muito antes do que pensava a comunidade científica. O estudo espanhol foi anunciado na sexta-feira pela Universidade de Barcelona, noticiou a Reuters.

A Universidade de Barcelona, que tem estado a testar as águas residuais desde meados de abril para identificar potenciais novos surtos de coronavírus, decidiu fazer testes a amostras antigas dos esgotos e foi assim que chegou à impressionante descoberta.

Quando fizeram testes às amostras colhidas entre janeiro de 2018 e dezembro de 2019, identificaram a presença do genoma do vírus numa delas, que fora colhida a 12 de março de 2019.

“Os níveis de SARS-CoV-2 eram baixos mas positivos”, afirmou o líder da investigação, o cientista Albert Bosch.

Joan Ramon Villalbi, da Sociedade Espanhola para a Saúde Pública e Administração Sanitária, adiantou à Reuters que ainda é cedo para tirar conclusões definitivas: “Quando só temos um resultado, temos de ter mais dados, mais estudos, mais amostras para o confirmar e afastar a hipótese de um erro de laboratório ou problema metodológico”.

Estudo identifica fatores que contribuíram para disseminação inicial da Covid-19

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
Política

Primeiro-ministro espanhol espiado com software israelita

Política

Portugal e Espanha propõem fixar em 30 euros/MWh preço para gás

Angola

Angola busca técnicas de produção de energia a partir do lixo

PortugalSociedade

Camionistas portugueses impedidos de passar em Espanha

Assine nossa Newsletter