Líder de rede de tráfico humano com mil vítimas vivia em Portugal - Plataforma Media

Líder de rede de tráfico humano com mil vítimas vivia em Portugal

A Polícia espanhola desmantelou uma rede internacional que se dedicava ao tráfico de seres humanos e deteve 12 pessoas, entre os quais o líder, que vivia entre a Alemanha e Portugal, usado como porta de entrada na Europa.

De acordo com a Guarda Civil espanhola, que divulgou a operação num comunicado, foram efetuadas buscas e, no total, 12 detenções em Espanha, Portugal, Alemanha, França, Bélgica e Holanda.

Desde o início da investigação, em 2018, quando as autoridades detetaram que um “grande número de imigrantes” sem documentos estava a ser transferido para França sob coação, foram identificadas cerca de mil vítimas da rede. Muitas eram crianças e mulheres grávidas recrutadas nos países de origem para trabalhar em Espanha, de onde eram depois levadas para França, Bélgica e Alemanha, com Portugal como porta de entrada. Para isso, era-lhes exigido o pagamento de 500 a 750 euros.

Leia mais em Jornal de Notícias

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
MundoSociedade

Países europeus proíbem uso de máscaras de pano na rua

MundoSociedade

Espanha regista novo recorde diário de contágios com quase 45 mil novos casos

MoçambiquePolítica

Nyusi está na Tanzânia para discutir violência armada em Cabo Delgado

EconomiaMundo

Covid-19: "Crise histórica" vai continuar em 2021, afirma Angela Merkel

Assine nossa Newsletter