Ministro brasileiro gozou com a China. Neto de chinês não gostou e foi ao Supremo - Plataforma Media

Ministro brasileiro gozou com a China. Neto de chinês não gostou e foi ao Supremo

Abraham Weintraub, Ministro da Educação, publicou mensagem em que ridiculariza sotaque de chineses

O ano é 1925. Com a China abalada por conflitos internos, o camponês Akit Wu, de 20 anos, deixa o vilarejo de Taishan, na província Guangdong, rumo ao Brasil.

Após três meses de travessia marítima, ele e o irmão, Aphou, aportam no Rio.

Instalado em Cordovil, bairro da zona norte da cidade, Akit trabalhou como feirante, cursou belas artes e passou a ganhar a vida como retratista em uma oficina de fotografia.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
MundoSociedade

ONU alerta para linguagem estigmatizante de informações sobre surto de "Monkeypox"

MundoSociedade

EUA de luto após massacre 'racista'

Sociedade

Vídeo mostram homem negro a ser morto a tiro pela polícia nos EUA

Sociedade

Relatório revela crescente racismo contra asiáticos nos Estados Unidos

Assine nossa Newsletter