Manifestantes colocam 100 cruzes na Praia de Copacabana - Plataforma Media

Manifestantes colocam 100 cruzes na Praia de Copacabana

As areias da praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, foram esta quinta-feira alvo de uma manifestação de protesto contra a forma como o governo de Bolsonaro está a gerir a pandemia de Covid-19. Durante a mesma houve alguns desacatos entre cidadãos que apoiam o presidente brasileiro e outros que estão contra a sua gestão

O grupo de manifestantes colocou centenas de cruzes na areia da praia, frente ao Copacabana Palace, para simbolizar as mortes de Covid-19 no Brasil, algo que não agradou a alguns ‘bolsonaristas’. Um dos quais, como se pode ver no vídeo abaixo, chegou mesmo a derrubar algumas delas.

Márcio Antonio do Nascimento, taxista de 56 anos, era um dos que estava ao lado de quem se manifestava, sobretudo devido à morte do seu filho de 25 anos, que faleceu com Covid-19. O homem, visivelmente transtornado com a atitude de quem defendia Jair Bolsonaro, acabou por levantar as cruzes, pedindo compreensão pelos que se manifestavam.

“O meu filho está aqui, as pessoas precisam respeitar. Meu filho tinha 25 anos, não tinha doença pré existente e morreu por conta desse vírus. Essa minha atitude é a dor que está contida aqui dentro e as pessoas não respeitam a dor dos familiares que perderam um parente”, desabafou.

Related posts
MundoSociedade

Nova variante da Covid é detetada na África do Sul

BrasilPolítica

Bolsonaro apelida semipresidencialismo como sistema "idiota"

MundoPolítica

Primeiro-ministro francês dá positivo ao novo coronavirus

MundoSociedade

Rastreios de VIH pode aumentar infeções por décadas

Assine nossa Newsletter