Dono das lojas Havan, um dos mais ricos do Brasil, recebeu apoio de emergência - Plataforma Media

Dono das lojas Havan, um dos mais ricos do Brasil, recebeu apoio de emergência

O empresário, o sétimo homem mais rico do Brasil, apoiante de Bolsonaro, teve os seus dados pirateados por hackers e garante que nunca pediu ao governo o apoio de emergência da Covid-19

Luciano Hang, dono da rede varejista Havan, foi cadastrado e aprovado no programa de auxílio emergencial concedido pelo governo federal em razão da pandemia de coronavírus. O caso veio à tona nesta terça-feira (2) após o empresário ter seus dados vazados por supostos hackers.

Hang nega ter solicitado o auxílio, que prevê pagamento de R$ 600 por três meses para os beneficiários. O empresário, notório apoiador do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), afirma ter pedido à PF (Polícia Federal) uma investigação sobre a fraude e o vazamento de seus dados pessoais.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Related posts
MundoSociedade

Centro Europeu de Controlo de Doenças aceita vacinação em crianças

MundoSociedade

Especialistas recomendam autorização de pílula anticovid da Merck

MoçambiquePortugal

Embaixada de Portugal em Maputo anuncia voos de apoio ao regresso

MundoSociedade

OMS apela a união mundial para melhor combater futuras pandemias

Assine nossa Newsletter