Turismo à espera de verão em português

por Guilherme Rego
Ana Laranjeiro

Hotéis começam a abrir a tempo da época balnear e com atividade virada para dentro.

Com a chegada de junho e da época balnear, o turismo dá o pontapé de saída na abertura das unidades hoteleiras. Será um arranque a meio gás, na expectativa de que o verão – com algumas campanhas – dê o balanço necessário para que o outono conte já com os mercados externos. Mas dois pontos parecem claros: a evolução da atividade vai andar de mão dada com o controlo da pandemia e o medo é o principal obstáculo.

O clima neste verão até pode ser muito semelhante ao dos anos anteriores, mas as semelhanças ficam-se por aí. Em junho, julho e agosto de 2019, as unidades de alojamento turístico contaram com 5,4 milhões de hóspedes não residentes (dos mais de 16 milhões que aqui passaram no total do ano).

Leia mais em Dinheiro Vivo

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!