Sílvia Lutucuta: Cerco sanitário deve manter-se em todo o país - Plataforma Media

Sílvia Lutucuta: Cerco sanitário deve manter-se em todo o país

Dos 19 casos positivos da pandemia, 15 são activos, dois recuperados e igual número de óbitos. Sílvia Lutucuta explicou que os dois indivíduos estavam internados nos centros de quarentena institucional e apresentavam um quadro clínico assintomático. Actualmente, acrescentou, os mesmos estão a ser acompanhados no centro de tratamento da Barra do Kwanza. “O Instituto de Investigação em Ciências da Saúde, o único laboratório de referência a nível do país, processou, até ontem, 1.094 amostras, sendo que 165 estão em processamento”, referiu a ministra.

Cerco sanitário

A ministra defendeu a continuação do cerco sanitário em todo país. “Angola já tem países vizinhos com circulação comunitária da Covid-19 como é a Namíbia, mas e estamos atentos aos casos na RDC e Zâmbia”, disse a ministra, para acrescentar: “É importante termos a certeza que não há mobilidade até termos mais informações sobre o comportamento da pandemia no país e reduzir a circulação de uma província para outra. E a medida acertada foi fazer o cerco territorial”.

Leia mais em Jornal de Angola.

Related posts
MundoSociedade

90% da população mundial adquiriu imunidade contra a covid-19

Macau

Mais casos positivos e testes rápidos a toda a população

Macau

Três testes rápidos para toda a população, de hoje até sexta-feira

China

Xangai sob segurança máxima após protestos contra política 'covid zero'

Assine nossa Newsletter