Queixas à GNR por violência doméstica aumentaram 50% em março - Plataforma Media

Queixas à GNR por violência doméstica aumentaram 50% em março

“Só no mês de março deste ano, tivemos um acréscimo de cerca de 50% de situações de violência doméstica [do verificado] em igual período do ano de 2019”, afirmou o militar, que falava no Ministério da Administração Interna numa conferência de imprensa conjunta com a PSP para divulgar a operação de fiscalização de cumprimento das normas do estado de emergência “Páscoa em Casa”, em que ambas as forças vão vigiar de perto eventuais agressões a vítimas de violência doméstica que possam estar confinadas em casa com os seus agressores.

Vítor Rodrigues considerou que este aumento “normal não é”, mas declarou: “Com as condições que temos era mais ou menos inevitável que assim fosse”, aludindo às restrições de mobilidade e obrigação de confinamento que fazem parte do estado de emergência por causa da pandemia da covid-19.

Leia mais em Diário de Notícias

Related posts

Sintomas de covid desaparecem em um ano em casos leves, segundo estudo

Macau

Turistas chineses escolhem Macau em busca de inoculação “mais eficaz”

China

UE encoraja Estados-membros a imporem testes à covid-19 a passageiros oriundos da China

Sociedade

Subvariante da ómicron é responsável pela maioria dos casos nos EUA

Assine nossa Newsletter