Queixas à GNR por violência doméstica aumentaram 50% em março - Plataforma Media

Queixas à GNR por violência doméstica aumentaram 50% em março

“Só no mês de março deste ano, tivemos um acréscimo de cerca de 50% de situações de violência doméstica [do verificado] em igual período do ano de 2019”, afirmou o militar, que falava no Ministério da Administração Interna numa conferência de imprensa conjunta com a PSP para divulgar a operação de fiscalização de cumprimento das normas do estado de emergência “Páscoa em Casa”, em que ambas as forças vão vigiar de perto eventuais agressões a vítimas de violência doméstica que possam estar confinadas em casa com os seus agressores.

Vítor Rodrigues considerou que este aumento “normal não é”, mas declarou: “Com as condições que temos era mais ou menos inevitável que assim fosse”, aludindo às restrições de mobilidade e obrigação de confinamento que fazem parte do estado de emergência por causa da pandemia da covid-19.

Leia mais em Diário de Notícias

Artigos relacionados
PortugalSociedade

Há mais 13.544 infetados com covid-19 em Portugal e 221 mortos: novo máximo diário

MundoSociedade

Incêndio no maior fabricante mundial de vacinas na Índia

AngolaCabo Verde

Pandemia aumenta dívida de África para 70% do PIB

MacauSociedade

Macau, dos primeiros a sofrer vaga de casos a um dos territórios mais seguros do mundo

Assine nossa Newsletter