PEQUIM ESTENDE A MÃO AO SYRIZA - Plataforma Media

PEQUIM ESTENDE A MÃO AO SYRIZA

 

A China felicitou o partido Syriza pela vitória nas eleições gregas de domingo e manifestou-se “disposta a trabalhar com o novo governo da Grécia para fortalecer a cooperação” bilateral.

“Constatámos que o partido de esquerda Syriza ganhou as eleições parlamentares na Grécia e felicitamo-lo por isso”, disse a porta-voz do ministério chinês dos Negócios Estrangeiros, Hua Chunying.

Em declarações aos jornalistas, Hua Chunying realçou que “China e Grécia são países amigos e os povos dos dois países são afetivamente muito chegados”.

“A China atribui grande importância ao desenvolvimento dos laços bilaterais com a Grécia e está disposta a trabalhar com o novo governo para fortalecer a cooperação em várias áreas e elevar a nossa parceria estratégica a um novo patamar”, acrescentou.

Na televisão estatal chinesa, o futuro executivo grego, liderado pelo Syriza, está a ser apresentado como “o primeiro governo europeu abertamente contra a política de austeridade do Fundo Monetário Internacional, o Banco Central Europeu e Comissão Europeia”.

A China é considerada um “importante parceiro” da Grécia devido aos títulos do tesouro grego que comprou no auge da crise da dívida soberana na zona euro e aos investimentos que tem feito no país, nomeadamente no setor portuário.

Questionado sobre a oposição entre o programa do Syriza e as posições defendidas pelos outros governos europeus, um comentador chinês ouvido pela Televisão Central da China (CCTV) disse que “nas democracias, há um fosso entre as promessas eleitorais e as políticas que são depois efetivamente seguidas”.

 

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter