NOVO MERCADO ABASTECEDOR DE MACAU VAI CUSTAR 106 MILHÕES DE DÓLARES - Plataforma Media

NOVO MERCADO ABASTECEDOR DE MACAU VAI CUSTAR 106 MILHÕES DE DÓLARES

 

A adjudicação por ajuste direto à empresa Nam Yue para a construção do novo mercado abastecedor de Macau tem o valor de 106 milhões de dólares, revelou esta semana um despacho publicado em Boletim Oficial.

O mercado faz parte de um plano de reordenamento da zona norte da cidade que inclui uma nova fronteira para a China, também da responsabilidade da Nam Yue, que já realizou anteriormente as obras do novo campus da Universidade de Macau.

O Governo já tinha anunciado que o mercado estaria terminado em 2016, mas ainda só tinha anunciado uma verba de 12,3 milhões de patacas (1,4 milhões de dólares) para trabalhos de fiscalização.

O mercado abastecedor faz parte de um megaprojeto anunciado pelo Governo de Macau, onde está incluída a construção de uma nova fronteira para a cidade chinesa de Zhuhai, a reordenação do Canal dos Patos (onde se juntam as águas residuais de Macau e Zhuhai), a criação de um centro modal de transportes e de um complexo de habitação pública, a nascer na zona da Ilha Verde. Neste local está já localizado o Parque Industrial Transfronteiriço Macau-Zhuhai.

O projeto está a ser realizado em conjunto com as autoridades da província vizinha de Guangdong.

No início da semana passada, o coordenador substituto do Gabinete para o Desenvolvimento de Infraestruturas disse, na Assembleia Legislativa, que ainda não havia um orçamento final para o projeto, mas garantiu que envolveria, certamente, um montante “astronómico”.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter