COLÓQUIO SOBRE NOVA GERAÇÃO EM...INGLÊS? - Plataforma Media

COLÓQUIO SOBRE NOVA GERAÇÃO EM…INGLÊS?

 

O primeiro “problema linguístico” da ADM poderá ocorrer já em fevereiro, numa conferência para as novas gerações

 

A primeira iniciativa da direção reeleita da Associação dos Macaenses (ADM) será a realização em fevereiro de 2015 do 3º colóquio da organização, desta vez sobre a nova geração de macaenses.  Será uma conferência dirigida ao setor mais jovem da comunidade, que, sinal dos tempos, já integra um signficativo número de pessoas que não falam português.

“Vamos enfrentar um desafio: qual vai ser a língua veicular do colóquio? É que muitos não falam português”, diz Miguel de Senna Fernandes, o recentemente reeleito presidente da ADM.

“Não tenho qualquer problema em conduzir os trabalhos em inglês”, adianta o advogado”. A transferência de Macau para a China tem motivado muitos elementos da comunidade macaense a privilegiarem a língua e a cultuura chinesas na educação dos seus filhos (ver texto ao lado).

Neste fim de semana  direção da ADM vai reunir-se para decidir sobre outras iniciativas da organização. A ADM foi criada em 1996 por Luiz Pedruco, José Joaquim Monteiro Júnior e Mário Évora, como uma organização sem fins lucrativos, para fins de solidariedade e de defesa da identidade dos macaenses.

No último sábado, uma lista única foi eleita, com 66 votos a favor e um voto nulo, para dirigir a ADM nos próximos dois anos. Para a assembleia geral foram eleitos Zelina Rodrigues (presidente), Alfredo Ritchie (vice-presidente) e Isabel Rosa-Duque Nunes (secretária). A direção da ADM é constituída por Miguel de Senna Fernandes (presidente), Margarida Estorninho e, José Basto da Silva (vice-presidentes), António Carion (tesoureiro) e Paula C P Carion (secretária). Carlos dos Santos Ferreira preside ao conselho fiscal, coadjuvado pelos vogais Paula Borges e João Basto da Silva.

 

L.A.S.

 

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter