OPOSIÇÃO VENCE EM BRASÍLIA, COLIGAÇÃO NO RIO - Plataforma Media

OPOSIÇÃO VENCE EM BRASÍLIA, COLIGAÇÃO NO RIO

 

O Distrito Federal do Brasil elegeu o candidato da oposição, Rodrigo Rollemberg, do Partido Socialista Brasileiro (PSB), como novo governador, enquanto no Rio de Janeiro, o candidato apoiado pelo partido no poder, Luiz Fernando Pezão, foi reeleito por mais quatro anos.

O governador eleito do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, obteve 55,56%, contra 44,44% de Jofran Frejat, do Partido da República (PR). O candidato eleito já havia disputado o cargo de governador do DF em 2002, tendo então ficado em quarto lugar, com apenas 6,79%.

Senador desde 2010, Rollemberg cresceu nas pesquisas depois do candidato José Roberto Arruda (PR), ter abandonado a corrida eleitoral por ter sido condenado por corrupção, vendo-se obrigado a fazer-se substituir por Jofran Frejat.

Já no Rio de Janeiro, o atual governador, Luiz Fernando Pezão, do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), reelegeu-se com 56,16%, 13 pontos percentuais acima de seu principal oponente, o bispo Marcelo Crivella, do Partido Republicano Brasileiro (PRB).

Pezão foi vice-governador do Rio de Janeiro entre 2007 e abril de 2014, quando assumiu o governo com a saída do então governador Sérgio Cabral, que se afastou para concorrer às eleições para o Senado.

Outros 12 estados brasileiros, de entre os 26 existentes, também realizaram uma segunda volta para a escolha do novo governador, enquanto os demais estados elegeram-nos logo na primeira consulta, realizada a 05 deste mês.

 

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter