MACAU INSISTE NA MONTANHA - Plataforma Media

MACAU INSISTE NA MONTANHA

 

Mais espaço na ilha vizinha e alargamento do horário da fronteira defendidos na China.

 

Chui Sai On, o chefe do Governo de Maca, voltou esta semana a pedir ao vice-ministro do Conselho de Estado Chinês o alargamento do horário da fronteira com a China Continental, sublinhando também o interesse das empresas do território na Ilha da Montanha.

O encontro com Wang Yang decorreu em Xiamen, província de Fujian, durante a abertura da 18.ª Feira Internacional do Investimento e Comércio da China.

Chui Sai On, citado em comunicado oficial, salientou que “a cooperação regional é muito importante para Macau”, afirmando que “várias pequenas e médias empresas do território querem participar no desenvolvimento” da Ilha da Montanha.

Este território adjacente a Macau, na província de Guangdong, foi considerado a terceira área estratégica da China no âmbito da sua política de reforma e abertura, depois de Pudong, em Xangai, e Binhai, em Tianjin.

Atualmente, 4,5 quilómetros quadrados estão reservados às empresas de Macau, espaço que o Governo local já pediu para ser alargado a 10 quilómetros quadrados. Na Ilha da Montanha está já estabelecida a Universidade de Macau. Salientando que a exploração deste território “promoverá o desenvolvimento da diversificação adequada da economia de Macau”, Chui Sai On reafirmou o seu desejo de que “o horário de funcionamento da fronteira possa ser alargado gradualmente”.

 

Assine nossa Newsletter