Novas adjudicações obedecem a critérios mais rígidos, afirma Secretário

O secretário para os Transportes e Obras Públicas, Raimundo do Rosário, evitou ontem comentar o recente relatório do Comissariado da Auditoria sobre o Metro Ligeiro, no qual se considera que a falha no cabo eléctrico da Linha da Taipa que levou a suspensão do serviço por cinco meses, foi provocada por deficiências do material na origem.

por Nelson Moura

Questionado pelos deputados, o secretário limitou-se a dizer que as novas adjudicações estão a obedecer a critérios mais rígidos aplicados na China. Desde a inauguração da Estação da Barra, em dezembro, o número diário de passageiros do metro ligeiro duplicou.

Raimundo do Rosário não tem dúvidas de que a abertura deste segmento do Metro veio melhorar os transportes públicos na cidade e revelou também que os percursos dos autocarros vão sofrer ajustamentos.

Raimundo do Rosário falou também da Linha Leste do Metro, que vai chegar às Portas do Cerco, mas isso vai implicar maiores custos e mais tempo para a construção da obra.

Leia mais em TDM Rádio

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!