As razões do “milagre” que salvou quase 400 pessoas de avião em chamas

Imagens em direto das chamas a devorarem um Airbus no aeroporto de Haneda, em Tóquio, fizeram recear o pior. Especialistas do setor da aviação elogiam rápida evacuação do aparelho, que tinha quase 400 pessoas a bordo.

por Gonçalo Lopes

Rápida e sem falhas. Assim se descreve a bem sucedida operação de evacuação do Airbus A-350 da Japan Airlines que tinha a bordo 379 pessoas: 367 passageiros e 12 membros da tripulação. Em poucos minutos, com o avião a ser tomado pelas chamas, as imagens em direto mostraram um a um a descerem pelas mangas de emergência. Se por um lado a tripulação cumpriu os procedimentos do protocolo de segurança de forma rigorosa, também os passageiros foram “bem comportados” e obedeceram às indicações transmitidas, deixando para trás os seus bens de valor. E todos sobreviveram para contar a história.

Leia mais em Jornal de Notícias

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!