Início » Vistos de entrada múltipla para participantes de MICE entre Macau e Hengqin ainda sem “progresso”

Vistos de entrada múltipla para participantes de MICE entre Macau e Hengqin ainda sem “progresso”

Fontes indicaram ao Plataforma Macau não haver ainda nenhum "progresso" em relação aos vistos de entrada múltipla para participantes de feiras comerciais em Macau

Viviana Chan

O governo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM) havia anunciado anteriormente que Hengqin seria uma Zona de Cooperação Aprofundada destinada a promover a colaboração em turismo, feiras comerciais e exposições no âmbito da iniciativa da “Grande Área da Baía”.

Neste ano, as autoridades de Hengqin e Macau planejavam lançar projetos como o “Turismo de Paragem Única” e a “Feira Única, Dois Locais”. No entanto, fontes da administração de Hengqin revelaram ao Plataforma que nenhum avanço foi dado ainda para lançar o visto que permitiria residentes do interior da China múltiplas entradas em Macau por até 144 horas.

Em setembro de 2021, quando a Zona de Cooperação Aprofundada Guangdong-Macau em Hengqin foi estabelecida, um plano abrangente foi proposto.

Esse plano defendia permitir que os organizadores da exposição ou participantes e visitantes nacionais e estrangeiros que possuíssem bilhetes obtivessem vistos de entrada múltipla para entrar e sair da área conforme necessário durante as exposições transfronteiriças organizadas em conjunto com Macau.

A medida facilitaria múltiplos movimentos livres entre Zhuhai, Macau e Hengqin, no entanto, o progresso em avançar com estas medidas tem sido lento, apesar da proposta ter sido apresentada há quase dois anos.

De acordo com dados da Direção de Estatística e Censos de Macau, a indústria MICE (Meetings, Incentives, Conferences and Exhibitions) da cidade teve um forte ressurgimento após as autoridades removerem todas as restrições relacionadas à COVID-19.

O número de eventos MICE em Macau no segundo trimestre deste ano aumentou 1,9 vezes (171 eventos) para 263 eventos.

Com o aumento das exposições em larga escala, o número de participantes e visitantes aumentou significativamente em 66,4 por cento para 509.000 pessoas.

Além disso, durante o segundo trimestre deste ano, Macau recebeu 1.409 expositores e 5.342 visitantes profissionais em várias exposições.

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!