Novo Tribunal de Segunda Instância em Macau vai custar até 648 milhões de patacas

Um total de 15 propostas foram recebidas para o futuro projeto de construção do novo Tribunal de Segunda Instância em Macau, com a proposta mais alta para o futuro edifício perto do Lago Nam Vam a chegar às 648 milhões de patacas.

por Nelson Moura
Nelson Moura

O início da empreitada está previsto para o final do corrente ano, com os preços propostos da empreitada variam entre mais de 582 milhões de patacas e mais de 648 milhões de patacas e os prazos de execução variam entre 806 dias de trabalho e 815 dias de trabalho.

A proposta mais elevada foi submetida por um consórcio composto pelas empresas Ad & C Engenharia
E Construções Companhia Limitada – China Road And Bridge Corporation, que se propôs a construir o edifico num prazo máximo de 812 dias.

O Edifício ficará localizado nos lotes C12 e C14 do Lago Nam Van, com uma área total de cerca de 5,928 m2, e o projecto vai reajustar as instalações dos Tribunais de Segunda e Última Instâncias existente e, construir no terreno adjacente um novo edifício que terá 5 pisos de altura e 3 pisos em cave, o qual ficará ligado ao atual edifício.

O prazo máximo de execução da empreitada é de 900 dias de trabalho.

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!