Início Destaques Sociedade de Jogos de Macau anuncia perdas de 929 milhões de euros em 2022

Sociedade de Jogos de Macau anuncia perdas de 929 milhões de euros em 2022

A concessionária do jogo de Macau SJM Holdings anunciou ter perdido cerca de 7,8 mil milhões de dólares de Hong Kong (929 milhões de euros) no ano passado, tendo os prejuízos aumentado 88,2%.

A Sociedade de Jogos de Macau Holdings Ltd., fundada pelo falecido magnata Stanley Ho, sublinhou que este valor inclui uma perda contabilística de 1,2 mil milhões de dólares de Hong Kong (143 milhões de euros) devido à renovação do hotel-casino Jai Alai, de acordo com um comunicado, enviado na segunda-feira, à bolsa de valores de Hong Kong.

No ano passado, as seis operadoras de jogos em casino em Macau registaram prejuízos de 4,1 mil milhões de euros, ou mais 17,5% do que no ano anterior.

Desde 2020, as concessionárias – MGM, Galaxy, Venetian (Sands), Melco, Wynn e SJM – acumularam prejuízos de 12,7 mil milhões de euros devido às rigorosas medidas de prevenção e contenção da pandemia, a chamada política ‘zero covid’, que terminou em meados de dezembro.

As operadoras de casinos no território registaram perdas de 3,5 mil milhões de euros em 2021 e de 5,09 mil milhões de euros em 2020 – um valor recorde, de acordo com cálculos feitos pela Lusa.

A empresa que sofreu o maior prejuízo, no ano passado, foi a Sands China, que anunciou, em 26 de janeiro, um prejuízo de 1,58 mil milhões de dólares norte-americanos (1,5 mil milhões de euros), num aumento de 56,4%.

Ainda assim, o diretor executivo da Sands China, Robert G. Goldstein, afirmou, numa sessão de perguntas e respostas com investidores, que a empresa registou lucros no período do Ano Novo Lunar, entre 21 e 27 de janeiro, depois de três anos consecutivos de prejuízos.

Também a Melco Resorts and Entertainment Ltd, liderada por Lawrence Ho, filho de Stanley Ho, anunciou em 01 de março um prejuízo de 930 milhões de dólares norte-americanos (869 milhões de euros) durante 2022, uma subida de 14,6%.

Uma semana antes, a concessionária Galaxy Entertainment tinha anunciado uma perda de 3,3 mil milhões de dólares de Hong Kong (399 milhões de euros) no ano passado, mais 140%.

A operadora de jogo Wynn Macau anunciou a 09 de fevereiro um prejuízo de 235 milhões de dólares norte-americanos (220 milhões de euros) em 2022, um aumento de 13,3%.

No mesmo dia, a MGM China indicou uma perda de 203 milhões de dólares norte-americanos (190 milhões de euros), a menor entre todas as empresas de casinos da região administrativa especial chinesa.

Apesar das perdas, as seis empresas concorreram e obtiveram um contrato de concessão para os próximos dez anos, em vigor desde 01 de janeiro, tendo prometido ao Governo um investimento de mais de 110 mil milhões de patacas (12,8 mil milhões de euros).

Com o fim das restrições, as receitas do jogo em Macau atingiram 21,9 mil milhões de patacas (2,5 mil milhões de euros) nos primeiros dois meses de 2022, mais 55,3% do que em igual período de 2021, e o melhor arranque dos últimos três anos.

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!