Renda média sobe 48,7% e atinge valor mais elevado de 2022

por Viviana Chan
Dinheiro Vivo

Lisboa ultrapassou pela primeira vez os dois mil euros de renda média em dezembro de 2022. Globalmente, valor da renda média é agora 519 euros mais caro do que há um ano, de acordo como barómetro Imovirtual.

A renda média subiu, este mês, 48,7% face ao mesmo período de 2021, tendo atingido o valor mais alto de 2022. Lisboa passou, pela primeira vez, a marca dos dois mil euros de renda média. Os distritos mais caros são agora Lisboa, Porto, Évora, Setúbal e Madeira.

Estas são algumas das conclusões do estudo realizado pelo portal imobiliário Imovirtual, com base em dados disponíveis na plataforma que permitem analisar a evolução dos preços médios anunciados para venda e arrendamento de imóveis em Portugal.

O valor médio global para arrendar subiu 15,6% entre novembro e dezembro deste ano, fixando-se agora em 1585 euros, o mais elevado de 2022.

Comparativamente com o período homólogo de 2021, em que a renda média era de 1066 euros, registou-se um aumento de 48,7%, 519 euros mais cara.

Leia mais em: Dinheiro Vivo

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!