Encher a despensa custa quase mais 22 euros desde o início da guerra na Ucrânia - Plataforma Media

Encher a despensa custa quase mais 22 euros desde o início da guerra na Ucrânia

Em cerca de cinco meses, o cabaz de alimentos essenciais subiu em média 21,66 euros desde 24 de fevereiro, data da invasão russa à Ucrânia

pexels-polina-kovaleva-5645092

As contas são da Defesa do Consumidor (Deco) e indicam que o cabaz de bens essenciais já disparou quase, em média, 22 euros, configurando um crescimento de 11,8 por cento.

Leia mais sobre o assunto: Subida dos preços obriga portugueses a pouparem na comida

O estudo de frequência semanal inclui um conjunto de 63 bens alimentares, entre eles carne, peixe, laticínios, vegetais, fruta e leguminosas, configurando um preço total a rondar os 205 euros.

Leia mais em: Delas
Related posts
Economia

Inflação no Reino Unido alcança 10,1% em julho, recorde em 40 anos

Economia

Zona euro regista em junho défice comercial de 24,6 mil milhões de euros

EconomiaPortugal

Inflação acelera gastos e marcas brancas crescem 22%

Cabo VerdeEconomia

Preços em Cabo Verde voltam a aumentar em julho e 9,0% num ano

Assine nossa Newsletter