Partido de Suu Kyi devastado com execução de quatro ativistas em Myanmar - Plataforma Media

Partido de Suu Kyi devastado com execução de quatro ativistas em Myanmar

O partido da líder deposta no golpe de Estado em Myanmar (antiga Birmânia), Aung San Suu Kyi, afirmou estar devastado com a execução de quatro ativistas pró-democracia no país, incluindo um antigo parlamentar da força política.

Foram as primeiras execuções em 30 anos realizadas em Myanmar e o caso está a gerar a indignação mundial.

“A Liga Nacional para a Democracia (NLD) está devastada”, afirmou o partido numa declaração, enquanto Aung San Suu Kyi, que se encontra detida desde o golpe militar de 01 de fevereiro de 2021 e que foi condenada a uma pena de 11 anos de prisão, acrescentou lamentar as execuções, segundo avançou o serviço birmanês da estação britânica BBC.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
Política

Junta militar de Myanmar executa prisioneiros, dois deles políticos da oposição

MundoPolítica

Protestos marcam 75.º aniversário da morte do fundador de Myanmar

MundoPolítica

Myanmar: Junta militar e Rússia assinam acordo para desenvolver energia nuclear

Política

Ex-líder de Myanmar Aung San Suu Kyi pode passar décadas na prisão

Assine nossa Newsletter