Início China Xi pede a Macron e Scholz ‘moderação máxima’ na guerra na Ucrânia

Xi pede a Macron e Scholz ‘moderação máxima’ na guerra na Ucrânia

O líder chinês, Xi Jinping, pediu “moderação máxima” no conflito na Ucrânia e afirmou que a China está “aflita por ver as chamas da guerra recomeçarem na Europa”, destacou o canal estatal CCTV nesta terça-feira (8), nas declarações mais fortes do dirigente desde o início dos embates nos Leste Europeu.

Em uma reunião virtual com o presidente da França, Emmanuel Macron, e o premiê alemão, Olaf Scholz, Xi disse que os três países deveriam se juntar para apoiar diálogos de paz entre Rússia e Ucrânia.

Por outro lado, também afirmou que França e Alemanha deveriam se esforçar para reduzir os impactos negativos da crise, expressando preocupação com os efeitos das sanções contra os russos na estabilidade da economia global, no fornecimento de energia, no transporte e nas cadeias de suprimentos.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!