Estados Unidos colocam 8.500 militares em alerta máximo na Ucrânia

Estados Unidos colocam 8.500 militares em alerta máximo na Ucrânia

O secretário da Defesa norte-americano colocou cerca de 8.500 militares em alerta máximo, prontos para serem mobilizados pela NATO, se necessário, face ao aumento de receios de uma invasão da Ucrânia pela Rússia, revelou hoje o Pentágono

Estados Unidos colocam militares em alerta na Ucrânia. Segundo o porta-voz do Pentágono, John Kirby, ainda não foi tomada nenhuma decisão final sobre mobilização de tropas, mas a ordem do chefe do Pentágono, Lloyd Austin, procura garantir que os Estados Unidos estão prontos para dar uma resposta, caso a NATO decida enviar a sua força de reação rápida para a região.

Leia também: Ucrânia quer desmantelar toda estrutura pró-russa em seu território

“O que está em causa é tranquilizar os nossos aliados da NATO”, vincou John Kirby.

Artigos relacionados
MundoPolítica

Combates alcançam 'intensidade máxima' no leste da Ucrânia

MundoPolítica

Pelo menos 1500 pessoas mortas em Severodonetsk, diz militar

Mundo

EUA multam Twitter por violação de dados confidenciais

BrasilPolítica

Assesor de Biden oferece a Bolsonaro encontro à parte durante Cúpula das Américas

Assine nossa Newsletter