Dragão vence round 2 do Clássico e desta vez aos pontos - Plataforma Media

Dragão vence round 2 do Clássico e desta vez aos pontos

Fábio Vieira abriu o marcador, num clássico em que Pepê fez esquecer Luis Díaz e também marcou. André Almeida foi expulso na segunda parte

Foi uma espécie de “muda aos três e acaba aos seis” tão típico do futebol de rua, mas com uma semana de intervalo pelo meio. Depois de eliminar o Benfica da Taça de Portugal, o F. C. Porto repetiu a dose no campeonato, recuperando a liderança – a meias com o Sporting -, e deixando as águias a sete pontos do topo da tabela. Nélson Veríssimo teve uma estreia para esquecer no banco encarnado, de nada lhe valendo os poucos sinais de vida que a equipa deu no início da segunda parte.

Num clássico marcado pelas ausências (Luis Díaz e Grimaldo com covid-19; Evanilson e Otamendi castigados), foram as novidades no onze azul e branco que começaram a escrever a história da última vitória de 2021, celebrada à frente de mais de 46 mil adeptos. Fábio Vieira e Pepê marcaram os dois primeiros golos da noite no espaço de três minutos (34 e 37) e desde logo o Dragão sonhou com um novo “knock out”, mas a festa acabaria por se fazer aos pontos, já que o Benfica reduziu logo a abrir a segunda parte. Mas a esperança lisboeta também durou pouco. Apenas dois minutos depois do golo de Yaremchuk, André Almeida pisou Otávio e viu o segundo cartão amarelo.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter