Talibãs vigiam budas de Bamiyan no Afeganistão - Plataforma Media

Talibãs vigiam budas de Bamiyan no Afeganistão

Em Bamiyan, vale mítico no centro do Afeganistão, os talibãs vigiam as cavidades que abrigavam os dois famosos budas gigantes que seus chefes e companheiros destruíram com explosivos em 2001.

“Os budas foram destruídos pelas autoridades talibãs em 2001”, menciona uma placa de bronze gravada, selada na pedra. A bandeira do movimento radical sunita está plantada em uma guarita, onde dois jovens armados parecem muito entediados.

De acordo com Ali A. Olomi, historiador especialista em Oriente Médio na universidade estadual Abington em Penn, Estados Unidos, o mulá Mohamad Hasan Akhund, nomeado primeiro-ministro do governo talibã no mês passado, é “um dos artífices da destruição dos Budas”.

Ao ser questionado se, em retrospecto, foi uma boa ideia dinamitar as estátuas – ato considerado um dos maiores crimes contra o patrimônio mundial – Saifurahman Mohamadi, um jovem talibã recém-nomeado para a Direção de Assuntos Culturais da província de Bamiyan, mal consegue esconder sua vergonha.

“Não posso comentar este assunto”, disse à AFP.

Leia mais em Istoé

Assine nossa Newsletter